Sessão fala sobre gerenciamento de eventos extremos

Sessão fala sobre gerenciamento de eventos extremos

Objetivo foi analisar as lições aprendidas, os esforços contínuos e as tecnologias que podem ajudar a aumentar a preparação para tais acontecimentos como estratégia de adaptação às mudanças climáticas. 

A terceira sessão temática da Brazil Water Week (Semana da Água no Brasil) nesta sexta-feira, 30 de outubro, teve como assunto “Gerenciamento de Eventos Extremos (Secas e Inundações) – Sob as incertezas do clima”. O debate integra o tema Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Sustentabilidade. 

O objetivo da sessão foi analisar as lições aprendidas, os esforços contínuos e as tecnologias que podem ajudar a aumentar a preparação para eventos extremos como estratégia de adaptação às mudanças climáticas. 

O debate partiu do princípio de que as mudanças climáticas estão afetando a intensidade e a ocorrência de eventos extremos. Isso, somado aos fatores relacionados às mudanças no uso do solo e ao aumento da demanda, está ampliando os efeitos das inundações e secas na economia e na qualidade de vida. 

O moderador da sessão foi Mauro Nalesso, do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Participaram também Tania Gascon (World Meteorological Organization – WMO); Alejandro Linayo (CEO Disaster Risk Reduction Research Center – CIGIR); Babatunde Abiodun (professor associado de Climatonolgia na Universidade de Cape Town); Adolfo Tribst Correa (Northwest Hydraulic Consultants); e Tomás Quisbert (Empresa Pública Social de Agua y Saneamiento (EPSAS). 

A Brazil Water Week é promovida pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES. Trata-se do mais importante evento internacional sobre água realizado no Brasil. 

Ao todo, foram cinco dias de transmissão online, com convidados representando países da Europa, América, África e Ásia, reunidos para discutir a água em seus diversos aspectos e apresentar experiências, com foco no ODS 6 da ONU: Água e Esgoto para todos até 2030. 

Durante esta semana, foram 30 sessões, divididas em 8 temas principais, com mais de 120 especialistas de mais de 15 países. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.