Saertex e Repipe falam sobre Tecnologias de obras em MND voltadas para o saneamento

Saertex e Repipe falam sobre Tecnologias de obras em MND voltadas para o saneamento

Palestra patrocinado pelas duas empresas encerrou os trabalhos desta quarta-feira (28)

A Sessão Happy Hour do terceiro dia da Brazil Water Week (Semana da Água do Brasil), nesta quarta-feira, 28 de outubro, foi com as empresas Saertex e RepipeAgostinho J.G. Geraldes, diretor da ABES-SP, coordenador da Câmara Técnica de Educação Ambiental da seção, e e coordenador do encontro, apresentou os dois palestrantes, que abordaram o tema “As  Tecnologias de Obras em Métodos não Destrutivos em Benefício do Saneamento”

Felipe Montuori, diretor para América Latina da Saertex Multicom, começou explicando os conceitos e técnicas do MND, dando detalhes de suas aplicações. Passou um histórico da Saertex, empresa criada para atuar no saneamento, mas que também atende outros segmentos dos mais variados, além de possuir plantas em diversas partes do mundo. na oportunidade, Montuori informou quais os produtos, serviços e os suportes que a empresa oferece aos seus clientes. Fechou a primeira parte de sua apresentação com um vídeo, mostrando um exemplo de operação, com interferência quase zero na superfície. As vantagens econômicas e ambientais para quem opta pelo MND foram apontadas. “Temos flexibilidade de produção, por que produzimos do zero”, disse Montuori. E seguiu informando todo processo de controle de qualidade da Saertex nos mínimos detalhes: com testes laboratoriais, controle de instalações, produção e testes de empresas independentes para garantir a excelência de tudo que é oferecido. “Somos o único produtor mundial que produz o liner desde o zero”, enfatizou o palestrante.

Felipe Montuori ainda apresentou as soluções da Saertex e explicou como funcionam e quais as diferenças dos liners para Redes Pressurizadas para Tubulações de Água Potável e Esgoto e Gás. Foi apresentado um vídeo que mostrou como é feita a instalação de uma rede pressurizada. Para finalizar,  falou sobre os serviços oferecidos em consultoria, tecnologia de aplicação e treinamentos. “O nosso produto é específico para cada projeto, a gente ajuda no planejamento, dando suporte desde o zero para a obra”, finalizou.

Matheus Romano, gestor de negócios da Repipe, iniciou sua palestra com uma apresentação sobre um breve histórico da empresa e informando os setores onde atuam no Brasil e no exterior, entre os quais celulose, ferrovias, indústria de alimentos e saneamento. Romano destacou alguns exemplos, de diversas situações distintas, das obras realizadas pela Repipe em muitas cidades do país. 

Uma vantagem é o Sistema de Reparos Pontuais, que é rápido, econômico e não destrutivo. Matheus mostrou em que situações este tipo de reparo é indicado. “Outra vantagem é que você consegue fazer o reparo somente por um acesso”, sublinhou. Depois da explicação foram passados alguns vídeos para ilustrar como são feitos esses reparos nas tubulações de água. Para fechar, Matheus informou que a maior obra de reparo pontual no mundo foi feita pela Repipe, em Olinda.

Ao final, os dois palestrantes responderam muitas dúvidas, enviadas pelo chat do evento, das pessoas que participaram da Sessão Happy Hour.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0