Debate aponta os caminhos para transformação digital nas companhias de saneamento

Debate aponta os caminhos para transformação digital nas companhias de saneamento

Sessão ligada ao Tema 3 – Gestão Eficiente do evento discutiu as perspectivas para ampliar as abordagens digitais no setor.

Nesta quarta-feira, 28 de outubro, foi realizada a sessão sobre transformação digital nas companhias de saneamento da Brazil Water Week (Semana da Água do Brasil), o mais importante evento internacional sobre água realizado no país, promovido pela ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental.

Ligado ao Tema 3 – Gestão Eficiente do evento, o debate apresentou os caminhos para aumentar as abordagens digitais no setor de saneamento e como os governos podem incentivar as concessionárias em sua jornada digital.

O encontro contou com a participação de Sam Azimi, vice-diretor de Inovação do SIAAP, empresa pública de saneamento de Paris; Luiz Antônio Pazos Moraes, coordenador Geral de Gestão Integrada na Secretaria Nacional de Saneamento, do Ministério do Desenvolvimento Regional; Helena Alegre, diretora do Departamento de Hidráulica e Ambiente do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, de Portugal; e Selma Capanema, consultora Técnica de Saneamento da Copasa.

“O debate demonstrou a relevância do tema para a evolução do saneamento, trazendo a informação como a maior base para a formulação de políticas e suporte à tomada de decisões, especialmente, por meio de modelos de previsão”, destacou o moderador da sessão Samuel Alves Barbi Costa, gerente de Informações Econômicas da Arsae-MG. Ele comentou ainda as perspectivas para os avanços tecnológicos no saneamento diante do atual cenário do segmento no país.

“É uma transformação gradual, que passa obrigatoriamente pela melhoria da qualidade dos dados. O atual momento de atualização do Novo Marco Legal traz grandes oportunidades para o tema, ensejando alinhamentos entre Ministério do Desenvolvimento Regional, ANA, agências infranacionais e prestadores no sentido de promover uma aceleração desta transformação tão essencial”, completou.

Ao longo desta semana, especialistas de mais de 15 países estão se reunindo na plataforma da Brazil Water Week para discutir a água em sua concepção mais ampla, abordando desafios, políticas públicas e soluções e tecnologias existentes no Brasil e em todo o mundo, com foco no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 da ONU: Água e Esgoto para todos até 2030.

Ao todo, são 30 sessões, divididas em 8 temas principais, mais de 50 horas de conteúdo online e mais de 120 especialistas envolvidos no evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.