Saneamento rural é debatido em sessão temática desta quarta-feira

Saneamento rural é debatido em sessão temática desta quarta-feira

O mais importante evento internacional sobre água realizado no Brasil segue até a sexta-feira, 30, e conta com convidados de mais de 15 países, que discutem a água em seus diversos aspectos e apresentam experiências, com foco no ODS 6 da ONU: Água e Esgoto para todos até 2030.

Como parte do Tema 1: “Água, Esgoto e Saúde para Todos”, a sessão temática “Comunidades Rurais e Isoladas” da Brazil Water Week (Semana de Água no Brasil) foi realizada na manhã desta quarta-feira, 28. A sessão discutiu a situação do setor de saneamento rural e as estratégias usadas para enfrentar crises, como a pandemia de Covid-19.

A Brazil Water Week é o mais importante evento internacional sobre água realizado no Brasil. Promovido pela ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, o encontro é transmitido por meio de plataforma digital até esta sexta-feira, 30. O evento conta com 30 sessões divididas em 8 temas principais e mais de 120 especialistas de mais de 15 países.

A sessão abordou, ainda, as políticas em andamento e novas iniciativas para implementar ações e monitorar as melhorias percebidas na saúde e no bem-estar da população em áreas rurais e comunidades isoladas, por meio da determinação e compromisso dos governos e de diferentes parceiros. Também foram apresentadas e discutidas as propostas gerais para o sucesso das ações: planejamento, padrão de serviço, gerenciamento operacional; eficiência financeira; mobilização social, treinamento, entre outros.

Mônica Bicalho, coordenadora da Câmara Temática de Saneamento Rural da ABES, coordenou e moderou a sessão temática, que contou ainda com a participação dos seguintes palestrantes: Cesarina Quintana, coordenadora regional da SWA América Latina e Caribe – Sanitation and Water for All hosted by BID (Peru); Juliana Garrido, especialista sênior em Saneamento do Banco Mundial (Brasil); Helder Cortez, diretor de Unidades de Negócio do Interior da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) – representando o SISAR (Sistema Integrado de Saneamento Rural); Telma Rocha, responsável regional do Programa de Acesso à Água da Fundação AVINA; e Carolina Torres Menezes, representando o presidente da Funasa, Giovanne Gomes da Silva.

“A Câmara Temática de Saneamento Rural da ABES sente-se honrada em participar da BWW”, disse Mônica Bicalho, moderadora da sessão. “A sessão trouxe, por meio de grandes especialistas do setor, a realidade, os desafios e as expectativas para o atendimento, com água e esgoto, das comunidades rurais e isoladas. E, desta forma, promover saúde e resgatar a cidadania destas populações. Foi enriquecedor conhecer a realidade dos países da América Latina através da SWA, as ações do Banco Mundial para o Brasil, especialmente nesta época da pandemia de Covid-19, o modelo de gestão de sucesso SISAR/ CENTRAL evidenciando a importância do associativismo, as ações da AVINA em região tão complexa como a Amazônia e o Programa Saneamento Brasil Rural, a cargo da FUNASA, que certamente irá atender grande parte da demanda existente”, afirmou.

Mônica frisou ainda a importância de ações planejadas e integradas. “Políticas públicas, compromisso de governos e parceiros, padrão de serviços, gestão, eficiência, capacitação e mobilização social são pontos-chave para o sucesso tão esperado e sonhado por nós, que trabalhamos e dedicamos nossa vida a uma causa tão nobre”, finalizou.

Brazil Water Week

Além das sessões temáticas, até quinta-feira, ao meio-dia, foi transmitida a BWW Connection – a programação dos intervalos, que traz vídeopalestras, comentários, entrevistas e ações sociais, como a Van Solidária Brazil Water Week. As sessões de networking também ocorrem até quinta-feira, pontualmente às 12h. Inscreva-se aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.